ORIENTAÇÕES AO PACIENTE ORTODÔNTICO LINGUAL: O QUE VOCÊ DEVE SABER?

Parabéns por escolher o Tratamento Ortôdontico Lingual como caminho para alcançar um sorriso mais bonito! Saiba que o Aparelho Lingual é um aparelho fixo que integra a maior tecnologia em tratamento e seu ortodontista certamente estará capacitado para orientar-lhe a respeito de todos os cuidados.  Entretanto, é importante que você saiba que seu aparelho tem algumas particularidades e este pequeno manual tem a finalidade de ensiná-lo a cuidar do seu aparelho. Portanto, siga estas 5 orientações e você usufruirá perfeitamente das vantagens que só um aparelho invisível pode lhe proporcionar:

1) Saiba que é comum um certo incômodo devido ao contato do aparelho com a língua, mas isto não deverá permanecer por muito tempo. Pode ser considerado normal que uma vermelhidão na ponta da língua surja nos primeiros dias e desapareça entre 07 a 20 dias. Claro que existem variações e, para os pacientes mais sensíveis, um pedaço de cêra de proteção (vendida em farmácia ou fornecida pelo dentista) é bastante útil para afastar o problema até a adaptação completa ao aparelho. SEMPRE observe se não há pontas de fio aparecendo, braquetes soltos ou quebrados que podem estar ferindo constantemente sua língua. Nesse caso, tente dobrar o fio com calma e utilize cera de proteção. Se tiver dificuldade, entre EM CONTATO IMEDIATAMENTE COM SEU DENTISTA ou encontre um profissional que possa ajudá-lo, se estiver em outra cidade. Em feriados e finais de semana, por favor, utilize nosso canal de cominicação pelo site (Clique aqui) . NUNCA PUXE O ARCO, TENTANDO REMOVÊ-LO. Esta atitude danifica o aparelho e é perigosa aos dentes!

2) Recomendamos analgésicos de venda livre (Dipirona, Paracetamentol) para tomar nos primeiros dias, seja para aliviar  aquela “dorzinha” nos dentes ou para melhorar a tolerância ao aparelho. Lembre-se que o mais complicado, como qualquer aparelho, são os primeiros dias. O normal é que você nem perceba que a presença do aparelho em algum tempo! Recomenda-se para pacientes sensíveis o uso de algum tipo de medicação contra aftas (por ex. Bismujet) e cremes dentais apropriados (por ex. Paradontax).

3) A fala é alterada inicialmente sim, mas você notará uma normalização em alguns dias. Este é um fator que é variável porque depende do volume dos bráquetes que você está usando e também do seu “tipo de mordida”. De qualquer forma a regra é: continue se comunicando, fale mais devagar e logo estará articulando as palavras com perfeição!

4) O aparelho lingual é muito bem fixado aos dentes, mas possui elementos frágeis como os fios mais delicados que não suportaria grandes esforços na mastigação. Fala-se em evitar o consumo de alimentos duros e pegajosos, só que mais importante é que você tenha consciência de que a partir do momento em que os bráquetes estão nos seus dentes, você deverá comer com mais calma. Como assim?  Mastigando com menos força do que seus músculos permitam! É como se você reduzisse conscientemente a  potência com que aperta os alimentos ao mastigar. Isto, depois de alguma prática será automático e você será recompensado com um tratamento livre de intercorrências. E seu ortodontista agradecerá!

5) Sempre que houver algum braquete solto, avise imediatamente seu dentista para que sua consulta seja antecipada ou reprogramada, já que recolagens consomem mais tempo que uma consulta habitual. Você deve guardar o bráquete solto e trazê-lo na próxima consulta. Saiba que estas pequenas peças são especialmente desenhadas exclusivamente para você e muitas vezes sua reposição pode ser complicada. Ah, e normalmente não é preciso “ficar desesperado (a)” porque uma peça se soltou. Na maioria das vezes tudo poderá resolvido na próxima consulta.

6) Higiene: não é complicada! O que você vai precisar só é de mais dedicação, paciência e alguns dispositivos especiais para aparelhos. Você vai escovar seus dentes logo depois de cada refeição (não vale duas horas depois!) e na hora de dormir, é preciso um tempinho maior para escovar detalhadamente, principalmente por trás dos dentes. Use o fio dental normalmente pela frente e na parte de trás, a escovinha interproximal ou interdental (compre as menores, daquelas que tem refis descartáveis) e complemente com um bochecho, durante 3 minutos (Plax, da Colgate, por exemplo). Mais uma coisa: os dentes que mais precisam de limpeza são os mais fáceis de higienizar. Os dentes incisivos inferiores, por trás acumulam mais tártaro que todos outros e muita atenção com esta região, ok? Não está conseguindo controlar a placa bacteriana? Invista num aparelho do tipo Water Pik ou Water Floss que não se arrependerá. Se preciso, ainda, tenha um dentista para ajudá-lo de vez em quando na limpeza.

E, não se esqueça, se você usa minimplantes use um cotonete com água oxigenada que isto ajudará a limpeza deste dispositivo.

Siga estas orientações e sorria com o aparelho, pois esta é a intenção!

Machuca a língua?

Certamente irá incomodar somente no início e, depois de poucos dias, praticamente nem se percebe que se está usando o aparelho. Os bráquetes (peças dos aparelhos) possuem menos de 2 mm de profundidade e sabemos como ofererecer proteção extra aos pacientes mais sensíveis!

Posso fazer clareamento?

Sim! Os clareamentos realizados em consultório podem ser realizados depois que seus dentes estiverem alinhados. Converse com seu dentista!

Eu tenho uma outra opção de “tratamento invisível”?

Você pode usar os alinhadores ortodônticos removíveis ao invés de optar pelos aparelhos fixos linguais. Inclusive é possível “combinar” as duas técnicas, por exemplo, usando o aparelho lingual na arcada inferior, com alinhador superior. Também é possível retirar o aparelho lingual um pouco antes do esperando e terminando com alinhadores. Outros pacientes que precisam viajar ou se mudam de cidade, podem finalizar seu caso com alinhadores. São muitas opções e seu Ortodontista poderá indicar e personalizar seu tratamento de acordo com sua conveniência.
Entre em Contato – Clique aqui

O que pode acontecer de diferente durante o tratamento?

Todos os movimentos que ocorrerem nos seus dentes têm a intenção de melhorar a posição dos seus dentes e seu sorriso sempre tenderá a ficar mais bonito. É bem importante que você, paciente, entenda que como os aparelhos não “cobrem”os dentes, como na Ortodontia convencional, você irá perceber todo a movimentação. E isto é mágico! Mas, algumas vezes, como parte do tratamento, seu ortodontista precisará executar alguns movimentos e algumas vezes podem surgir pequenos espaços  ou então dar uma sensação de que os dentes mexeram um pouquinho além do esperado. Não se desespere! Seu ortodontista estará preparado para reconhecer o problema e irá atuar no sentido de fechar o espaço ou melhorar a posição do seu dente tão logo seja possível.

 

Conheça opinião de quem já tratou com aparelhos linguais